Nepal - Santuário dos Annapurnas

Nepal - Santuário dos Annapurnas

New!
22
Fev
- Cultural
- Montanhismo
- Trekking
- Internacional

De 22 de Fevereiro a 8 de Março, o nosso destino é o imenso anfiteatro rodeado pelas montanhas nevadas dos Himalaias e bem no coração do Nepal, o Santuário dos Annapurnas. Esta é considerada a melhor expedição (de intensidade moderada) de trekking que precorre os vários ambientes dos Himalaias. Desde o lindissimo e suave Vale de Pokhara, Florestas de Rododendros e Bambú e a imponente montanha de Machhapuchre que nos levam ao Base Camp da 10ª montanha mais alta do mundo, o Annapurna.


Localização

Ponto de encontro: Nepal - Aeroporto Internacional de Kathmandu

Abrir mapa
Dia 1

Viagem para Kathmandu

Chegada ao Aeroporto Internacional de Kathmandu. Faremos o transfere do aeroporto para o Hotel. Este será o seu dia livre em Kathmandu
Dia 2

Conhecer Kathmandu

Percurso

O nosso Guia estará à nossa espera ás 9h da manha, e ainda no hotel faremos um breefing sobre o nosso dia em Kathmandu. Primeiro vamos ao templo de Pashupatinath que é o maior complexo religioso Hindu do Nepal, dedicado ao Deus Shiva e importante não só do ponto de vista artístico e espiritual, mas o histórico. Posteriormente, visitaremos Boudhanath Stupa que é reivindicada como ser um dos maiores Stupas do mundo e o mais importante local de peregrinação para os seguidores do budismo tibetano Vajrayana. Depois do almoço, vamos conhecer a praça Kathmandu Durbar que albergou o palácio real de Kathmandu até meados do século XIX. O lugar é flanqueado com monumentos artísticos e majestosos que descrevem interessantes lendas esotéricas e também fatos históricos fascinantes. Finalmente, você visitaremos a Stupa de Swayambhunath situado em um ponto alto da cidade e que nos permite uma boa vista sobre a mesma.

Informações Adicionais

Bed and Breakfast
Dificuldade
0
Sem Dificuldade
Miguel Vilardebó
Guia:
Miguel Vilardebó
Guia de montanha credenciado
Guia:
Guia de montanha credenciado
Dia 3

De Kathmandu a Pokhara

Percurso

Hoje deixaremos Kathmandu bem cedo e faremos um transfere de aproximadamente 7 horas que nos irá levar para Pokhara, o segundo maior destino turístico no Nepal depois de Kathmandu. Durante a viagem no vale que nos leva a Pokhara tem à sua disposição uma série de atracções e actividades, incluindo lagos e algumas vistas deslumbrantes em todo o seu trajeto. Passaremos por lagos navegáveis, rodeados por montanhas com os seus de picos nevados, por Stupas e Templos, etc. Teremos um final de tarde e noite livres em Pokhara, que poderemos utilizar para fazer canoagem no lago Phewa ou apenas passeando ao redor das suas margens. À noite, poderemos participar e desfrutar da vida nocturna da cidade.

Informações Adicionais

Bed and Breakfast
Dificuldade
1
Fácil
Duração
7h
Miguel Vilardebó
Guia:
Miguel Vilardebó
Guia de montanha credenciado
Guia:
Guia de montanha credenciado
Dia 4

Conhecer Pokhara

Percurso

Hoje acordaremos bem cedinho e ainda de noite, para subirmos a uma das colinas de Pokhara, a colina de Sarangkot. O objectivo é saudarmos e apreciarmos o magnifico nascer do sol no Himalaia e assim enchermo-nos de boas energias para os nossos dias de trekking. Depois do nascer do sol voltamos ao hotel para tomarmos o pequeno almoço. Durante o dia poderemos visitar as grandes atrações de Pokhara, como a cascata Davies, a caverna de Gupteshwar, o Museu Internacional da Montanha, e acabaremos o dia com um pequeno tour de barco no lago Phewa.

Informações Adicionais

Bed and Breakfast
Dificuldade
1
Fácil
Duração
7h
Miguel Vilardebó
Guia:
Miguel Vilardebó
Guia de montanha credenciado
Guia:
Guia de montanha credenciado
Dia 5

Naya Pul - Tikhe Dhunga (1.577m)

Percurso

Partiremos logo de manhã para Naya Pul e ai começaremos o nosso Trekking, em direção a Birethanti, uma cidade grande e próspera, ao lado do Rio Modi. Partiremos em direção ao percurso principal em Sudami onde começamos a subir gradualmente numa das encostas do vale, atingindo Hile (1495m) e depois seguimos para Tikhe Dhunga.

Informações Adicionais

Alojamento
3 Refeições
Desnível
+800
-100
Dificuldade
3
Exigente
Duração
5h
Distância
8Km
Desnível
800m
Miguel Vilardebó
Guia:
Miguel Vilardebó
Guia de montanha credenciado
Guia:
Guia de montanha credenciado
Dia 6

Tikhe Dhunga a Ghorepani (2.850m)

Percurso

Hoje começaremos o dia com com uma subida íngreme, em degraus de pedra até à aldeia de Ulleri. Passamos esta aldeia e entraremos num agradável trilho que percorrerá florestas de Rododendros e Carvalhos. Depois de algumas horas de caminhada com várias pausas, chegaremos a Ghorepani, onde se pode observar uma vista fantástica sobre as montanhas Dhaulagiri e Annapurna Himalayan.

Informações Adicionais

Alojamento
3 Refeições
Desnível
+1.400
- 100
Dificuldade
4
Difícil
Duração
7h
Distância
9Km
Desnível
1400m
Miguel Vilardebó
Guia:
Miguel Vilardebó
Guia de montanha credenciado
Guia:
Guia de montanha credenciado
Dia 7

Poon Hill e Trekking até Tadapani (2.540m)

Percurso

Começamos o nosso dia com uma caminhada de manhã, bem cedo, com cerca de 1 hora, onde percorreremos uma densa floresta de Rododendros que nos levará à colina Poon Hill (3.210m). Desta colina teremos uma ampla vista, de cortar a respiração, e que nos permite ver o nascer do sol sobre o alto do Himalaia e a grande variedade de paisagens panorâmicas do extremo oeste Himalaia, como a de Dolpo, monte Dhaulagiri e Annapurna e também sobre a conhecida montanha Machhapuchre (Fish Tail/Rabo de Peixe) até Manasalu. Depois da ascensão ao Poonhill, desceremos até Ghorepani, para tomarmos o nosso Pequeno Almoço e fazermos o nosso trekking até Tadapani.

Informações Adicionais

Alojamento
3 Refeições
Desnível:
+600
-700
Dificuldade
3
Exigente
Duração
7h
Distância
12Km
Desnível
600m
Miguel Vilardebó
Guia:
Miguel Vilardebó
Guia de montanha credenciado
Guia:
Guia de montanha credenciado
Dia 8

Tadapani a Chhomrong (2.210m)

Percurso

Hoje começamos a descer desde Tadapani em direção ao Kimrong Khola podendo disfrutar de excelentes vistas para o vale superior do Modi. Depois de atravessar a ponte suspensa, o trilho segue para a aldeia de Gurjung onde almoçaremos. Depois do almoço seguiremos por mais cerca de 1h até chegarmos à aldeia de Chhomrong (2210m) que se encontra escondida na base da montanha de Hiunchuli. Chhomrong é o maior aldeia Gurung neste vale.

Informações Adicionais

Alojamento
3 Refeições
Desnível:
+200
-600
Dificuldade
3
Exigente
Duração
7h
Distância
11Km
Desnível
600m
Miguel Vilardebó
Guia:
Miguel Vilardebó
Guia de montanha credenciado
Guia:
Guia de montanha credenciado
Dia 9

Chhomrong a Dovan (2.600m)

Percurso

Como ontem, hoje começaremos o dia a descer por um trilho que nos levará ao rio de Chomrong. Depois de passarmos o rio iniciamos a grande subida do nosso dia para chegarmos a Sinuwa. Aqui poderemos desfrutar de uma vista magnífica sobre a montanha Machapuchre. Seguiremos um trilho que nos levará ao Bamboo Lodge e depois à aldeia de Dovan.

Informações Adicionais

Alojamento
3 Refeições
Desnível:
+500
-200
Dificuldade
3
Exigente
Duração
7h
Distância
11Km
Desnível
500m
Miguel Vilardebó
Guia:
Miguel Vilardebó
Guia de montanha credenciado
Guia:
Guia de montanha credenciado
Dia 10

Campo Base do Machhapuchre (3.700m)

Percurso

Depois de um bom pequeno almoço o nosso dia começa com uma ligeira subida até ao Hotel Himalaia (2840m). No caminho, podemos explorar a caverna de Hinku, onde o trilho cruza uma grande encosta que nos leva até Deurali (3.000m), onde será o nosso almoço. Depois do almoço, o trilho continua para o Campo de Base do Machhapuchre para pernoita. É aqui que estaremos mais próximos das grandes montanhas que nos rodeiam, a Machhapuchre, o Annapurna I e Gangapurna. Embora nunca tenha sido atingido o seu cume, uma expedição foi tentada por uma equipe de ingleses, em 1957, mas não foi bem sucedida e dali em diante a montanha virgem está fechada para alpinistas.

Informações Adicionais

Alojamento
3 Refeições
Desnível:
+1200
-100
Dificuldade
4
Difícil
Duração
6h
Distância
13Km
Desnível
1200m
Miguel Vilardebó
Guia:
Miguel Vilardebó
Guia de montanha credenciado
Guia:
Guia de montanha credenciado
Dia 11

Campo Base do Annapurna (4.130m)

Percurso

O dia de hoje leva-nos ao coração do santuário do Annapurna para pernoite. O trilho segue ao longo de uma encosta com vistas maravilhosas, passando por cabanas sem tecto, de pastores e ao longo de uma gigantesca moreia, deixada por um antigo glaciar. Este desfiladeiro, algo ventoso e com alguma neve tem paisagens soberbas sobre o maciço do Annapurna e oferece-nos uma vista panorâmica das montanhas cobertas de neve e que simplesmente nos rodeiam e guardam. Aqui teremos bastante tempo para descansar ou explorar toda a zona.

Informações Adicionais

Alojamento
3 Refeições
Desnível:
+500
Dificuldade
3
Exigente
Duração
4h
Distância
4Km
Desnível
500m
Miguel Vilardebó
Guia:
Miguel Vilardebó
Guia de montanha credenciado
Guia:
Guia de montanha credenciado
Dia 12

Campo Base do Annapurna a Bamboo (2.300m)

Percurso

Levanta-mo-nos bem cedo para ver a magnifica vista panorâmica de 360 graus, onde poderemos ver os 13 picos nevados que nos rodeiam. Isso será seguido por uma longa descida até Bamboo refazendo o caminho que seguimos anteriormente.

Informações Adicionais

Alojamento
3 Refeições
Desnível:
+100
-1900
Dificuldade
4
Difícil
Duração
6h
Distância
14Km
Desnível
1900m
Miguel Vilardebó
Guia:
Miguel Vilardebó
Guia de montanha credenciado
Guia:
Guia de montanha credenciado
Dia 13

Bamboo a Jhinu Danda (1.780m)

Percurso

O nosso trilho, hoje, leva-nos ao Khuldi Ghar, passando pela colina de Sinuwa e atravessando o vale até Chhomrong. Depois do almoço, o nosso percurso desce abruptamente para Jhinu onde dormiremos. Aqui podemos dar um mergulho na fonte termal natural de água quente para relaxar e descansar o corpo depois de longos dias de caminhada.

Informações Adicionais

Alojamento
3 Refeições
Desnível:
+200
-600
Dificuldade
3
Exigente
Duração
7h
Distância
12Km
Desnível
600m
Miguel Vilardebó
Guia:
Miguel Vilardebó
Guia de montanha credenciado
Guia:
Guia de montanha credenciado
Dia 14

Jhinu Danda a Nayapul (823m)

Percurso

Hoje teremos um longo e agradável dia de caminhada ao longo do rio Modi que nos levará até à aldeia de Landruk. A partir daqui, a rota segue caminho em suave declive levando-nos de volta a Syauli Bazaar. seguindo sempre nas margens do rio continuaremos a caminhar em direção a Birethanthi e pouco depois estaremos a chegar ao ponto final do nosso trekking, Nayapul. Faremos um transfere até Pokhara onde passaremos a noite.

Informações Adicionais

Alojamento
3 Refeições
Desnível:
+100
-900
Dificuldade
3
Exigente
Duração
8h
Distância
5Km
Desnível
900m
Miguel Vilardebó
Guia:
Miguel Vilardebó
Guia de montanha credenciado
Guia:
Guia de montanha credenciado
Dia 15

Pokhara a Kathmandu

Percurso

Faremos a viagem de volta a Kathmandu, durante cerca de 6h e teremos a tarde e noites livres.

Informações Adicionais

Bed and Breakfast
Dificuldade
1
Fácil
Duração
7h
Miguel Vilardebó
Guia:
Miguel Vilardebó
Guia de montanha credenciado
Guia:
Guia de montanha credenciado
Dia 16

Regresso a Casa

Faremos um transfere para o Aeroporto Internacional de Kathmandu onde apanharemos o nosso voo de regresso a casa. A hora do transfere será combinada no dia anterior.

Informações Adicionais

O equipamento é fundamental para tornar a sua viagem mais confortável e segura. O seu equipamento é como um investimento que o vai ajudar, durante a sua viagem, e que lhe valerá em todas (ou quase todas) as situações.

Esta lista descreve todo o equipamento essencial para a sua viagem. Depois de fazer a sua reserva trataremos de afinar alguns pormenores, para que nada falte.

Mochila e Sacos de transporte:

  • Mochila de dia/ trekking de cerca de 30 Litros.
  • Saco maleável de 70 - 90 litros - para transporte do equipamento que não carrega na mochila de dia - este saco, carregado, não poderá exceder os 10kg

Para os seus Pés:

  • Botas de caminhada impermeaveis - levar um par de atacadores suplentes.
  • Sapatos desportivos, Crocks ou sandálias para uso no acampamento, refúgio ou hotel.
  • Meias de caminhada quentes

Nas Pernas:

  • Calças primeira camada - leggings/colants
  • Calças de trekking - confortaveis e que permitam um bom movimento de pernas
  • Calças impermeáveis.
  • Calções.
  • Polainas/Perneiras

Tronco:

  • Primeiras camadas térmicas
  • T-shirts transpiraveis - manga comprida e manga curta
  • Forro polar 100 e 200 ou casaco de penas fino e leve
  • Casaco impermeável e/ou corta-vento.

Para a Cabeça:

  • Chapéu de sol.
  • Gorro.
  • Gola
  • Óculos de Sol.

Nas Mãos:

  • Luvas de primeira camada e luvas externas quentes e impermeaveis
  • Bastões - são essenciais e são uma grande ajuda.

Outros:

  • Estojo de higiene pessoal - protector solar, protector para lábios, gel de banho, toalhetes humidos, lenços de papel e papel higiénico, pastilhas purificadoras de água, repelente de insectos
  • Tampões para ouvidos
  • Cadeado para trancar o saco.
  • Saco-cama para temperatura de conforto entre -5 a 0 graus.
  • Lençol de seda para usar dentro do saco-cama
  • 1 manta de sobrevivência
  • Toalha de banho de trekking
  • Gel de mãos anti-bacteriano.
  • Bolsa de documentos e dinheiro
  • Tape - fita adesiva resistente, para prender ou remendar
  • Cantil com capacidade para 1,5 L. ou dois de 0,75 L.
  • Lanterna frontal e pilhas alcalinas de substituição.
  • Canivete, tipo suíço.
  • Kit básico de primeiros-socorros - pensos, gases, ligaduras, adesivo, toalhetes desinfetantes, tesoura, etc...

 

Aqui pode encontrar algumas dicas e cuidados a ter com a sua saúde antes e durante as suas viagens.

Algumas das viagens Green Trekker, são efectuadas em locais e zonas do globo onde os cuidados de saúde não seguem, por norma, os padrões ocidentais ou sofrem com problemas de saúde específicos da zona, e que por isso mesmo necessitam, por parte de quem viaja, de uma prevenção feita antes da sua partida.

Deixamos aqui alguns contactos que podem ser úteis para preparar a sua viagem no que toca aos cuidados de saúde.

Zona do Porto
Centro de Saúde dos Guindais (consulta de viajante)

Consultas e vacinação, com marcação prévia.
Atendimento: 

  • Segunda e terça-feira - das 14 às 17h30
  • Quarta, quinta e sexta-feira - das 9 às 13 horas

Morada: Avenida Rodrigues de Freitas n.º 108
Tel.: 222 002 540

Zona Centro
Coimbra - Serviço de Sanidade Internacional

ACES Baixo Mondego I - Unidade de Saúde Pública
Rua Capitão Salgueiro Maia - Topo Norte Edifício Centro de Saúde Santa Clara - 3040-006 Coimbra
Telefone: 239 802 111
E-mail:

Zona Grande Lisboa
Clínica de Medicina Tropical e do Viajante

Morada: Av. Liberdade, 129 - 7ºD - Lisboa
Tel.: 213 225 622 Fax: 213 225 668

Hospital Curry Cabral
Rua da Beneficência, 8 1069-166 Lisboa
Telefone: 217 924 322
Consultas e vacinação, com marcação prévia, por telefone ou presencialmente.

  • Consulta: de segunda-feira a quinta-feira, das 14 às 16h30. Deve realizar-se 4 a 6 semanas antes da data prevista para a viagem.
  • Vacinação: de segunda-feira a quinta-feira, das 10 às 11h30.
  • Documentos necessários: Cartão do Utente, Bilhete de Identidade/Cartão do Cidadão e Boletim de Vacinação.

Instituto de Higiene e Medicina Tropical
Morada: R. Junqueira, 96 1349-008 Lisboa
Tel.: 213 652 600 Fax: 213 632 105
E-mail: Link: http://www.ihmt.unl.pt

Consulta do Viajante em Telemedicina
Apartado 1047 EC Paço de Arcos 2771-901 Paço de Arcos, Portugal
E-mail:
Site: http://www.consultadoviajante.com

Cartão Europeu de Seguro de Doença
Para viagens dentro da comunidade europeia aconselhamos que possua o este cartão.
Mais informação: http://www.portaldasaude.pt/portal/conteudos/informacoes+uteis/saude+em+viagem/cartaoeuropeudesegurodoenca.htm

Organização Mundial de Saúde
Neste site pode ficar a par das ultimas noticias respeitantes a doenças e epidemias emergentes em várias partes do mundo através dos relatórios. Pode ficar a saber também das vacinas necessárias ou de outro tipo de profilaxia necessária para viajar pelas mais diversas partes do mundo.
Link: Organização Mundial de Saúde

É DE FULCRAL IMPORTÂNCIA CONSULTAR O MÉDICO ANTES E DEPOIS DE VIAJAR

Mal da Altitude

O que é o Mal da Altitude?
Dores de cabeça, náuseas e vómitos aparecem porque o volume de oxigénio presente no ar que se respira começa a rarear. Desta forma, para manter os níveis exigidos ao organismo, o coração acelera o seu ritmo, bombeando o sangue com maior frequência a todas as partes do corpo, minimizando assim a falta de oxigénio. O ácido acetilsalissilico, presente na Aspirina e no Aspegic, por exemplo, ativa a circulação sanguínea facilitando o trabalho da hemoglobina, e fazendo desaparecer os sintomas do mal de altitude mais rapidamente. Teoricamente todos podemos sofrer do mal de altitude se subirmos acima de 2500 metros e sobretudo se essa subida for repentina. Na maioria dos casos os sintomas desaparecem passadas 24 ou 36 horas, no entanto, se os sintomas continuarem deverá avisar o guia que decidirá qual será o procedimento mais adequado. Nestas situações deverá repousar e descer para uma cota mais baixa, o mais rapidamente possível.

Como posso minorar as hipóteses de sofrer do Mal da Montanha?
A boa forma física é um factor preponderante para reduzir as hipóteses de sofrer do Mal da Montanha, ou seja, alguns meses antes da viagem deve praticar algum desporto que melhore a sua resistência aeróbica. Caminhar com frequência, subir e descer escadas (eliminar elevadores) serão boas formas de adquirir maior resistencia. A motivação psicológica, por vezes supera o esforço físico.

Se adoecer durante a viagem, o que é que me acontece?
Depende do local onde se encontra. Para a sua viagem deverá fazer um seguro de assistência em viagem que cubra controlo médico, despesas médicas, farmacêuticas e de hospitalização. Se estiver na montanha, estará sempre na companhia de um guia experiente que saberá ponderar a situação, ajudá-lo, e em caso de necessidade evacuá-lo o mais rapidamente possível.

Tenho que ter algum cuidado especial com a água que bebo nestas viagens? E com a comida?
Dependendo do destino, ter uma posição cautelosa perante os alimentos e a água é muito importante para que possamos evitar complicações, sobretudo quando se viaja para destinos tropicais, remotos e com reduzidas condições sanitárias. Assim, todos os alimentos que não estejam cozinhados ou que não se possam descascar, água (inclui o gelo) e leite não pasteurizado são potenciais veiculos e causadores de doença. Nunca devemos beber água da torneira e descasque sempre os frutos antes de os comer.

É de extrema importancia que todos os viajantes tenham em sua posse e actualizados os seguintes documentos:

  • Passaporte em vigor com uma validade mínima de 6 meses a contar da data de saída do país visitado.
  • O Visto tem um custo de 30€ e pode ser tratado no aeroporto de Kathmandu à chegada ou poderá também tratar de obter o seu visto, antes da viagem no Consulado do Nepal em Lisboa - Av. Miguel Bombarda, n. 133,6-E - 1050-264, Lisboa -  - Tel: +351 213 555 345 - Tel: +351 969 190 919
  • 1 fotografia formato passaporte, (sem muita diferença com a fotografia do passaporte)
  • 2 fotografias tipo passe para a permissão de trekking a entregar localmente - Não são válidas fotocópias a cor.
  • Todas as pessoas deveram ter actualizada toda a sua documentação pessoal, (bilhete de identidade, documentação militar, autorização para menores, vistos, certificado de vacinas e outros eventualmente exigidos).

A Green Trekker declina qualquer tipo de responsabilidade pela recusa de concessão de vistos ou a não permissão de entrada ao cliente num país estrangeiro, sendo ainda da conta do cliente todo e qualquer custo que tal situação acarretar.

Viagens na União Europeia:
Para viagens dentro da União Europeia deverão ser possuidores dos seguintes documentos - Passaporte, B.I ou Cartão do Cidadão Para assistência médica devem ser portadores do Cartão Europeu do Seguro de Doença
Os nacionais de países não comunitários devem consultar informação específica quanto à documentação necessária para realização de viagem junto das embaixadas/ consulados dos países de origem;

Viagens fora da União Europeia
Devem ser portadores do Passaporte, Visto se necessário e BI ou Cartão de Cidadão
Os nacionais de países não comunitários devem consultar informação específica quanto à documentação necessária para realização de viagem junto das embaixadas/ consulados dos países de origem;

As Grandes Viagens Green Trekker tem como objectivo, tal como o nome sugere, viajar para locais longínquos e remotos, que possuam estilos e condições de vida diferentes da que estamos habituados, pelo que poderá ser uma experiência invulgar, que não nos é familiar ou confortável. Para este tipo de viagens de aventura devemos estar sempre preparados para enfrentar situações novas e de alguma forma imprevisíveis. Em alguns momentos e até mesmo quando tudo está programado, as coisas podem não correr como esperado, pelo que quando isso acontece, a compreensão, a boa disposição e a paciência  e ponderação, serão sempre pontos a nosso favor e que nos ajudarão a ultrapassar as situações e a continuar a disfrutar da nossa viagem.


Faça Já a Sua Reserva

Desde
1.350,00
O Preço Inclui:
Guia local a falar Inglês + Guia de Ligação GT
Transferes durante o programa
Todas as refeições durante o Trekking - 3 refeições por dia
Todas as taxas e entradas em monumentos durante o nosso itinerário
Carregadores - 2 por cada pessoa
Taxas e Licenças governamentais
O Preço Não Inclui:
Voos internacionais e respectivas taxas de ida e regresso de Kathmandu
Visto de entrada no Nepal (cerca 30€/pessoa)
Todos os extras pessoais - compras, refeições extras, lavandaria, comunicações,etc...
Seguros
Todos os custos que advenham de alterações ao programa por calamidades naturais, distúrbios políticos ou greves.
Aluguer de cavalos ou Carregadores adicionais, devido a calamidades naturais durante o Trekking
Gratificações ao Guia e Carregadores
Qualquer item não mencionado como incluído no programa
Nº Mínimo de Participantes: 2

Informações Importantes

Por favor, leia atentamente antes de se inscrever.

Limite de Idade: Devido à natureza e/ou dificuldade deste evento, todos os participantes devem ter, pelo menos, 18 anos.

Seguro: A sua inscrição é obrigatória, para que possamos ativar o seu seguro. Sem fazer a inscrição online, não poderá participar neste evento.

Para a sua reserva ficar activa deve fazer o pagamento para o IBAN que lhe vai ser enviado por email. Deverá enviar comprovativo de pagamento para o nosso email .

Se está a inscrever mais do que uma pessoa, preencha um formulário por cada participante para que possamos ativar o seguro.

Obrigado!

A sua reserva foi enviada. Irá receber a confirmação no seu email. Se não encontrar o email, por favor verifique a sua pasta de spam.
Fazer Outra Reserva

Pedimos desculpa! :(

Algo correu mal e não conseguimos fazer a sua reserva. Por favor tente mais tarde.
Fechar