Pirinéus - Ordesa e Monte Perdido

Pirinéus - Ordesa e Monte Perdido

06
Ago
- Montanhismo
- Trekking
- Internacional

De 6 a 14 de Agosto a Green Trekker vai leva-lo ao que poderíamos apelidar de jardim botânico dos Pirinéus – Parque Nacional de Ordesa e Monte Perdido. A diversidade da flora pirenaica atinge nesta região o seu esplendor, bem como a fauna existente que nos permitirá encontrar animais como as Marmotas, a Cabra Pirenaica e os sobejamente conhecidos Sarrios.


Localização

06
Ago
-
16:00

Ponto de encontro: Refugio Lucien Briet, Calle Francia, Torla, Espanha

Hora de Fim
15:00 (14-Ago-2022)
A hora de fim é aproximada. Esta hora pode alterar-se, conforme as condições e os participantes.

Abrir mapa
Sábado - 6 Ago

Chegada a Torla + Briefing de programa e Equipamento

Domingo - 7 Ago

Senda dos Cazadores

Percurso

Neste dia faremos um incrível percurso que nos permitira conhecer toda a beleza do Vale de Ordesa, considerado um dos melhores trilhos de toda a Espanha. Faremos um transfere até a Pradera de Ordesa onde iniciaremos a nossa caminhada. O dia começa com uma acentuada subida com cerca de 3km e com um desnível positivo de 700m que nos fará atravessar um majestoso bosque de Faias e Abetos e que nos levará ao ponto mais alto do nosso percurso na Faja de Pelay. Daqui começaremos a caminhar em direção à Cascata de Cola de Caballo, um dos locais mais procurados por estas bandas. Poderemos disfrutar de toda a imponência do Vale de Ordesa e sem perder muita altitude vamos descendo até a cascata, onde faremos uma paragem mais prolongada. Começaremos a fazer o regresso acompanhando o Rio Arazas e descendo até à Padrera de Ordesa, passado por bosques e cascatas que nos proporcionarão incríveis imagens.

Informações Adicionais

Ao final do dia faremos um transfere, nos nossos carros, de cerca de 10km até ao Refugio de Bujaruelo, onde jantamos e dormimos.
Dificuldade
4
Difícil
Duração
10h
Distância
19Km
Desnível
900m
Martin Elorza
Guia:
Martin Elorza
Segunda - 8 Ago

Refugio de Bujaruelo ao Ibon (Lago) Bernatuera

Percurso

No dia de hoje a paisagem já será bem mais alpina e com menos vegetação. Sairemos do refugio (1.323m) e iniciaremos o nosso dia a subir, inicialmente por entre um bosque de Faias e Abetos e depois através de prados que nos levarão até ao Ibon de Bernatuera (2.300m). Aqui faremos uma paragem prolongada e poderemos optar por fazer a ascensão ao Pico de Bernatuera (2.516m). Retornaremos pelo mesmo trilho ao nosso Refugio
Dificuldade
4
Difícil
Duração
7h
Distância
12Km
Desnível
1100m
Martin Elorza
Guia:
Martin Elorza
Terça - 9 Ago

Refugio de Bujaruelo – Vale de Ordiso

Percurso

Este será um dia para descontrair ativamente. Faremos um passeio ao longo do Rio Ara que nos levará até a entrada do Vale Ordiso. A paisagem é verdadeiramente luxuriante na sua vegetação bem como a imponência das encostas que nos ladeiam. A companhia da água é constante e o seu som ajudará a descontrair. Regressaremos ao nosso Refugio onde poderemos disfrutar do resto da tarde.
Dificuldade
2
Moderado
Duração
5h
Distância
12Km
Desnível
500m
Martin Elorza
Guia:
Martin Elorza
Quarta - 10 Ago

Cuello de Arenas ao Refugio de Goriz

Percurso

Logo pela manhã, bem cedo, faremos o transfere (20 km), de carro, até Nerin. Subimos em 4x4 até ao Cuello de Arenas (2.000m) e daí caminharemos ate ao Refugio de Goriz (2.150m). Durante o percurso teremos vistas fantásticas sobre o Vale de Ordesa que se encontrará aos nossos pés.
Dificuldade
4
Difícil
Duração
7h
Distância
12Km
Desnível
1000m
Martin Elorza
Guia:
Martin Elorza
Quinta - 11 Ago

Refugio Goriz – Lago Helado – Monte Perdido

Percurso

Hoje será o grande dia da nossa semana de montanha – faremos a ascensão a uma das montanhas mais importantes da cadeia Pirenaica - Monte Perdido. O Monte Perdido é o pico calcário mais alto da europa e a sua ascensão na época estival não tem grande dificuldade e é feita por vários montanhistas.
Dificuldade
4
Difícil
Duração
9h
Distância
10Km
Desnível
1200m
Martin Elorza
Guia:
Martin Elorza
Sexta - 12 Ago

Refugio Goriz – Brecha de Roldán

Percurso

Hoje o nosso dia destina-se a fazermos a ascensão a outro dos locais mais emblemáticos desta região a Brecha de Roldán (2.810m) e depois ao Pico Taillon (3.125m) A Brecha de Roldán é conhecida como a Porta Aberta do Períneo, sitio de contrastes onde irrompem os ventos se alteram as paisagens, as nuvens e o sol.
Dificuldade
4
Difícil
Duração
9h
Distância
16Km
Desnível
1100m
Martin Elorza
Guia:
Martin Elorza
Sábado - 13 Ago

Refugio Goriz – Serra Custódia – Nerin

Percurso

O ultimo dia de actividade será primordialmente de baixada. Faremos parte da Serra Custódia que nos levará de volta ao Vale de Ordesa e a Nerin onde passaremos a nossa ultima noite e onde poderemos festejar o final da nossa semana de montanha.

Informações Adicionais

Desnível - +520m/-1.300m
Dificuldade
4
Difícil
Duração
7h
Distância
16Km
Desnível
1300m
Martin Elorza
Guia:
Martin Elorza
Domingo - 14 Ago

Regresso a casa


Informações Adicionais

O equipamento é fundamental para tornar a sua viagem mais confortável e segura. O seu equipamento é como um investimento que o vai ajudar, durante a sua viagem, e que lhe valerá em todas (ou quase todas) as situações.

Esta lista descreve todo o equipamento essencial para a sua viagem. Depois de fazer a sua reserva trataremos de afinar alguns pormenores, para que nada falte.

Mochila e Sacos de transporte:

  • Mochila de dia/ trekking de cerca de 40 Litros.

Para os seus Pés:

  • Botas de caminhada impermeaveis - levar um par de atacadores suplentes.
  • Sapatos desportivos, Crocks ou sandálias para uso no acampamento, refúgio ou hotel.
  • Meias de caminhada quentes

Nas Pernas:

  • Calças primeira camada - leggings/colants
  • Calças de trekking - confortaveis e que permitam um bom movimento de pernas
  • Calças impermeáveis.
  • Calções.
  • Polainas/Perneiras

Tronco:

  • Primeiras camadas térmicas
  • T-shirts transpiraveis - manga comprida e manga curta
  • Forro polar 100 e 200 ou casaco de penas fino e leve
  • Casaco impermeável e/ou corta-vento.

Para a Cabeça:

  • Chapéu de sol.
  • Gorro.
  • Gola
  • Óculos de Sol.

Nas Mãos:

  • Luvas de primeira camada e luvas externas quentes e impermeaveis
  • Bastões - são essenciais e são uma grande ajuda.

Outros:

  • Estojo de higiene pessoal - protector solar, protector para lábios, gel de banho, toalhetes humidos, lenços de papel e papel higiénico, pastilhas purificadoras de água, repelente de insectos
  • Tampões para ouvidos
  • Cadeado para trancar o saco.
  • Saco-cama
  • Lençol de seda para usar dentro do saco-cama
  • 1 manta de sobrevivência
  • Toalha de banho de trekking
  • Gel de mãos anti-bacteriano.
  • Bolsa de documentos e dinheiro
  • Tape - fita adesiva resistente, para prender ou remendar
  • Cantil com capacidade para 1,5 L. ou dois de 0,75 L.
  • Lanterna frontal e pilhas alcalinas de substituição.
  • Canivete, tipo suíço.
  • Kit básico de primeiros-socorros - pensos, gases, ligaduras, adesivo, toalhetes desinfetantes, tesoura, etc...

Aqui pode encontrar algumas dicas e cuidados a ter com a sua saúde antes e durante as suas viagens.

Algumas das viagens Green Trekker, são efectuadas em locais e zonas do globo onde os cuidados de saúde não seguem, por norma, os padrões ocidentais ou sofrem com problemas de saúde específicos da zona, e que por isso mesmo necessitam, por parte de quem viaja, de uma prevenção feita antes da sua partida.

Deixamos aqui alguns contactos que podem ser úteis para preparar a sua viagem no que toca aos cuidados de saúde.

Zona do Porto
Centro de Saúde dos Guindais (consulta de viajante)

Consultas e vacinação, com marcação prévia.
Atendimento: 

  • Segunda e terça-feira - das 14 às 17h30
  • Quarta, quinta e sexta-feira - das 9 às 13 horas

Morada: Avenida Rodrigues de Freitas n.º 108
Tel.: 222 002 540

Zona Centro
Coimbra - Serviço de Sanidade Internacional

ACES Baixo Mondego I - Unidade de Saúde Pública
Rua Capitão Salgueiro Maia - Topo Norte Edifício Centro de Saúde Santa Clara - 3040-006 Coimbra
Telefone: 239 802 111
E-mail:

Zona Grande Lisboa
Clínica de Medicina Tropical e do Viajante

Morada: Av. Liberdade, 129 - 7ºD - Lisboa
Tel.: 213 225 622 Fax: 213 225 668

Hospital Curry Cabral
Rua da Beneficência, 8 1069-166 Lisboa
Telefone: 217 924 322
Consultas e vacinação, com marcação prévia, por telefone ou presencialmente.

  • Consulta: de segunda-feira a quinta-feira, das 14 às 16h30. Deve realizar-se 4 a 6 semanas antes da data prevista para a viagem.
  • Vacinação: de segunda-feira a quinta-feira, das 10 às 11h30.
  • Documentos necessários: Cartão do Utente, Bilhete de Identidade/Cartão do Cidadão e Boletim de Vacinação.

Instituto de Higiene e Medicina Tropical
Morada: R. Junqueira, 96 1349-008 Lisboa
Tel.: 213 652 600 Fax: 213 632 105
E-mail: Link: http://www.ihmt.unl.pt

Consulta do Viajante em Telemedicina
Apartado 1047 EC Paço de Arcos 2771-901 Paço de Arcos, Portugal
E-mail:
Site: http://www.consultadoviajante.com

Cartão Europeu de Seguro de Doença
Para viagens dentro da comunidade europeia aconselhamos que possua o este cartão.
Mais informação: http://www.portaldasaude.pt/portal/conteudos/informacoes+uteis/saude+em+viagem/cartaoeuropeudesegurodoenca.htm

Organização Mundial de Saúde
Neste site pode ficar a par das ultimas noticias respeitantes a doenças e epidemias emergentes em várias partes do mundo através dos relatórios. Pode ficar a saber também das vacinas necessárias ou de outro tipo de profilaxia necessária para viajar pelas mais diversas partes do mundo.
Link: Organização Mundial de Saúde

É DE FULCRAL IMPORTÂNCIA CONSULTAR O MÉDICO ANTES E DEPOIS DE VIAJAR

Mal da Altitude

O que é o Mal da Altitude?
Dores de cabeça, náuseas e vómitos aparecem porque o volume de oxigénio presente no ar que se respira começa a rarear. Desta forma, para manter os níveis exigidos ao organismo, o coração acelera o seu ritmo, bombeando o sangue com maior frequência a todas as partes do corpo, minimizando assim a falta de oxigénio. O ácido acetilsalissilico, presente na Aspirina e no Aspegic, por exemplo, ativa a circulação sanguínea facilitando o trabalho da hemoglobina, e fazendo desaparecer os sintomas do mal de altitude mais rapidamente. Teoricamente todos podemos sofrer do mal de altitude se subirmos acima de 2500 metros e sobretudo se essa subida for repentina. Na maioria dos casos os sintomas desaparecem passadas 24 ou 36 horas, no entanto, se os sintomas continuarem deverá avisar o guia que decidirá qual será o procedimento mais adequado. Nestas situações deverá repousar e descer para uma cota mais baixa, o mais rapidamente possível.

Como posso minorar as hipóteses de sofrer do Mal da Montanha?
A boa forma física é um factor preponderante para reduzir as hipóteses de sofrer do Mal da Montanha, ou seja, alguns meses antes da viagem deve praticar algum desporto que melhore a sua resistência aeróbica. Caminhar com frequência, subir e descer escadas (eliminar elevadores) serão boas formas de adquirir maior resistencia. A motivação psicológica, por vezes supera o esforço físico.

Se adoecer durante a viagem, o que é que me acontece?
Depende do local onde se encontra. Para a sua viagem deverá fazer um seguro de assistência em viagem que cubra controlo médico, despesas médicas, farmacêuticas e de hospitalização. Se estiver na montanha, estará sempre na companhia de um guia experiente que saberá ponderar a situação, ajudá-lo, e em caso de necessidade evacuá-lo o mais rapidamente possível.

Tenho que ter algum cuidado especial com a água que bebo nestas viagens? E com a comida?
Dependendo do destino, ter uma posição cautelosa perante os alimentos e a água é muito importante para que possamos evitar complicações, sobretudo quando se viaja para destinos tropicais, remotos e com reduzidas condições sanitárias. Assim, todos os alimentos que não estejam cozinhados ou que não se possam descascar, água (inclui o gelo) e leite não pasteurizado são potenciais veiculos e causadores de doença. Nunca devemos beber água da torneira e descasque sempre os frutos antes de os comer.

É de extrema importancia que todos os viajantes tenham em sua posse e actualizados os seguintes documentos:

  • Passaporte em vigor com uma validade mínima de 6 meses a contar da data de saída do país visitado.
  • Todas as pessoas deveram ter actualizada toda a sua documentação pessoal, (bilhete de identidade, documentação militar, autorização para menores, vistos, certificado de vacinas e outros eventualmente exigidos).

A Green Trekker declina qualquer tipo de responsabilidade pela recusa de concessão de vistos ou a não permissão de entrada ao cliente num país estrangeiro, sendo ainda da conta do cliente todo e qualquer custo que tal situação acarretar.

Viagens na União Europeia:
Para viagens dentro da União Europeia deverão ser possuidores dos seguintes documentos - Passaporte, B.I ou Cartão do Cidadão Para assistência médica devem ser portadores do Cartão Europeu do Seguro de Doença
Os nacionais de países não comunitários devem consultar informação específica quanto à documentação necessária para realização de viagem junto das embaixadas/ consulados dos países de origem;

Viagens fora da União Europeia
Devem ser portadores do Passaporte, Visto se necessário e BI ou Cartão de Cidadão
Os nacionais de países não comunitários devem consultar informação específica quanto à documentação necessária para realização de viagem junto das embaixadas/ consulados dos países de origem;

As Grandes Viagens Green Trekker tem como objectivo, tal como o nome sugere, viajar para locais longínquos e remotos, que possuam estilos e condições de vida diferentes da que estamos habituados, pelo que poderá ser uma experiência invulgar, que não nos é familiar ou confortável. Para este tipo de viagens de aventura devemos estar sempre preparados para enfrentar situações novas e de alguma forma imprevisíveis. Em alguns momentos e até mesmo quando tudo está programado, as coisas podem não correr como esperado, pelo que quando isso acontece, a compreensão, a boa disposição e a paciência  e ponderação, serão sempre pontos a nosso favor e que nos ajudarão a ultrapassar as situações e a continuar a disfrutar da nossa viagem.


Faça Já A Sua Reserva

880,00
Por pessoa em quarto partilhado
O Preço Inclui:
. 6 Trekkings em montanha conduzidos por Guía de Alta Montanha credenciado UIAGM;
. Guia Green Trekker no terreno;
. 7 noites de alojamento em albergue e pousada em regime de meia pensão;
. Seguro de Responsabilidade Civil e de Acidentes Pessoais.
O Preço Não Inclui:
. Transporte até Torla Espanha
. Restantes refeições;
. Outros não especificamente descritos como incluídos.
Nº Mínimo de Participantes: 8

Informações Importantes

Por favor, leia atentamente antes de se inscrever.

Evento com Dificuldade Nível 4: Difícil - Recomendamos estas Caminhadas a pessoas com experiência em Caminhada, boa condição física e que pratiquem exercício de forma regular. É necessária resistência física e vontade para ultrapassar alguns pontos mais complicados do percurso. Os desníveis são consideráveis e o percurso poderá apresentar dificuldades técnicas acrescidas. As distancias a percorrer podem ser mais extensas, bem como a duração das mesmas e o ritmo imposto à Caminhada.

Limite de Idade: Devido à natureza e/ou dificuldade deste evento, todos os participantes devem ter, pelo menos, 16 anos.

Seguro: A sua inscrição é obrigatória, para que possamos ativar o seu seguro. Sem fazer a inscrição online, não poderá participar neste evento.

Para a sua reserva ficar activa deve fazer o pagamento para o IBAN que lhe vai ser enviado por email. Deverá enviar comprovativo de pagamento para o nosso email .

Se está a inscrever mais do que uma pessoa, preencha um formulário por cada participante para que possamos ativar o seguro.

Obrigado!

A sua inscrição foi enviada. Irá receber um email de confirmação. Se não encontrar o email, por favor verifique a sua pasta de spam.
Fazer Nova Reserva

Pedimos desculpa! :(

Algo não funcionou e não nos foi possível processar a sua inscrição. Por favor tente mais tarde.
Fechar